Deriva genética

A deriva genética, também chamada de oscilação genética (genetic drift) consiste na alteração do patrimônio genético de uma população pequena por ocorrer fatores casuais independentes de seleção. Estes fatores podem determinar o aumento da freqüência tanto de organismos bem adaptados como também dos mal adaptados.

A deriva genética pode ocorrer, por exemplo, por erro amostral, quando o patrimônio genético de uma geração não estiver representado entre os zigotos produzidos por ela. A geração produzida vai apresentar deriva genética (desvio ao acaso) em relação à geração anterior. O erro amostral é mais comum em populações pequenas.

Também ocorre deriva genética quando os fundadores de uma nova população não representam o total da variabilidade da população inicial. Por exemplo, se um casal de uma população migra para um novo ambiente, originando uma nova população, certamente esta população será diferente da original pois o casal dificilmente conteria toda a variabilidade genética da população a que pertencia, tais como cores, tamanhos, tamanho dos pêlos etc. Este caso extremo de deriva genética é conhecido como efeito do fundador.